Após morte de empresário, digital influencer Iuri Sheik se apresenta no DHPP

Publicidade
Vítima foi baleada porque se recusou a cumprimentar suspeito, diz delegado

O empresário e influenciador digital Iuri Sheik, suspeito de atirar no empresário William Oliveira, 28 anos, durante uma festa em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, se apresentou à polícia na tarde desta quarta-feira (26), três dias após o crime. Ele chegou à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba, em Salvador, horas após a confirmação da morte de Will, de quem era desafeto.

Sheik era considerado foragido desde domingo, quando atirou em Will durante uma tentativa de cumprimento. Havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra, que havia sido expedido na segunda (24). Na chegada ao DHPP, ele não falou com a imprensa, mas disse que a ocorrência destruiu sua vida. De origem humilde, Iuri tinha duas lojas de roupas, sendo uma no Cabula e outra na Estrada das Barreiras, onde o CORREIO este nesta quarta. No Instagram, é seguido por mais de 280 mil internautas.

Ele se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) à delegada Clelba Regina Teles, na Pituba,  com advogados. Questionado  sobre a arma utilizada no crime, Yuri disse ter perdido, depois da fuga.

Após se apresentar no DHPP, o acusado teve o mandado de prisão cumprido no Departamento de Polícia do Interior, na Piedade. De lá seguirá custodiado para o Departamento de Polícia Técnica para a realização de exames de corpo de delito e, em seguida, para o sistema prisional,O caso é investigado pelo delegado titular da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), Edílson Magalhães, que ouvirá o acusado ainda essa semana.

Fonte: Correio

  • Compartilhe: